Claudio Space

Por que viver é aprender!

Salvador – BA

Posted by CLAUDIO ALVES em 25/01/2012

Aproveitei as férias de Janeiro e minha ida à Juazeiro do Norte – CE (visitar a família), passei 3 dias em Salvador.

Para preparar a viagem, consultei muitas informaçõe sno site mochileiros.com, sempre que viajo consulto lá as dicas de quem já foi.

Aproveitei uma promoção de passagem de ida e volta São Paulo – Salvador e saí dia 19/01, chegando em Salvador por volta das 15:30h. Uma dica essencial, esta época Salvador está um FORNO, muuuuuito quente, um infer***.

Minha hospedagem foi no Barra Guest Hostel, considerado uns dos melhores do Brasil, bem… eu o achei comum, nada de mais. Fica próximo ao farol da barra, em uma localização boa.

Para ir aeroporto ao hostel sem gastar muito (táxi é caro em Salvador), peguei o ônibus da linha S002-00 Aeroporto/Praça da Sé (para consultar as linhas de salvador, clique aqui, e o site da Transalvador ). A viagem foi um pouco longa, pouco mais que 1 hora, o onibus passa pelo farol da barra, onde desci.

Aproveitei o restante do dia pra ver o pôr do sol no farol da barra e andar pela orla, muito bonito.

Como tinha pouqíssimo tempo para explorar a cidade, resolvi ir de salvador bus (http://www.salvadorbus.com.br), um serviço similar ao que já havia utilizado em Curitiba e em Buenos Aires. Valeu apena, pois conheci quase tudo o que queria, é ótimo para quem quer dá uma volta “por cima” e depois ir no que realmente gostou ou achou interessante.

O ônibus de turismo deixa na Praça da Sé e 1:30h depois nos recolhe no Mercado Modelo. Deu tempo pra conhecer bastante coisa.

Confesso que fiquei com um pouco de medo do ambiente, mas sei que qualquer cidade pode ser perigosa, tomei as preocupações básicas e fui conhecer tudo.

Andei pelo Pelourinho, que tem muitos vendedores de fita, baianas caracterizadas (só tire foto com elas se pagar), restaurantes e até cyber café.

Fui para o elevador Lacerda, afinal a fila é relativamente grande para descer. O preço é irrisório, algo em torno de R$ 0,05, a descida é rápida, pena que não há vista pra fora, quando você vê, já está em baixo. Não achei o ambiente perigoso.

Descendo, fui visitar o Mercado Modelo, que fica do outro lado da rua, você vai passar por uma pequena feirinha de artesanato (mais fitinhas!), entrando no Mercado você vai ver, também, muito artesanato (ATENÇÃO!!! Só há 1 restaurante no Mercado Modelo, e é Caríssimo!), saindo do Mercado Modelo fui procurar onde almoçar.

O ônibus voltou e nos levou para o bairro da Ribeira, no caminho passamos pelas favelas e pude ver um pouco mais da realizada da cidade.

Chegando à Ribeira, tudo maravilhoso de novo, uma linda vista para o mar, clubes náuticos e a… SORVETERIA DA RIBEIRA. Huumm, estava um calor, então me deliciei com um sorvete de coco na sorveteria mais antiga do Brasil.

Em seguida partimos rumo à igreja do Senhor do Bonfim, e advinha…me ofereceram mais fitinhas… aff. Me surpreendeu a quantidade de fitinhas amarradas nas grades da igreja, deixam um lindo visual.

O ônibus fez o trajeto de volta, e fiquei no farol da barra, comi um acarajé e fui para o hostel descansar.

No dia seguinte peguei um ônibus e fui curtir a praia Jardim de Alah, e no mesmo dia fui embora. Pra quem não tem tempo, recomendo esta praia, que não fica tão longe e é razoável.

Em suma, achei Salvador receptiva e bonita, recomendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s