Claudio Space

Por que viver é aprender!

Archive for the ‘MY LIFE’ Category

Faça de todos seu Baba, seu Mestre

Posted by CLAUDIO ALVES em 15/03/2014

1800345_756555947702400_1871722536_n

Baba contando o troco

Conheço este senhor como “Baba”, ele tem um pequeno negócio e vende o típico chai indiano do outro lado da rua da Universidade. Eu o chamo de “Baba” por que todos os estudantes o chamam assim, pensei que era o seu nome. Observado uma criança falar com seu pai certa vez, percebi que ela também o chamava de Baba, da mesma maneira que todos se referiam ao senhor do chá.

Perguntei a um colega professor indiano se esse era um nome comum aqui, ele sorriu e disse que não, na verdade Baba significa pai. Na verdade se dirigem aos homens nesta faixa etária como Baba, pois isto denota um grande respeito pela sabedoria e espiritualidade que os anos lhe proporcionaram.

1922300_756567324367929_2003248978_n

Este homem não aparenta possuir grandes posses, pelo que dizem não estudou e não sabe escrever, mas ainda assim recebe imenso (e devido) respeito de todos. Essa é um dos grandes aprendizados que tive até o momento com minha experiência e que vou levar pra minha vida.

Em alguns momentos percebo os estudantes cumprimentando senhores e senhoras através de um toque em seus és, alguns levam as mãos ao coração em seguida, como se cumprimentasse um Deus, o que na verdade estão fazendo.

1606900_756564341034894_799894700_n

Tocando os pés em sinal de respeito durante o Holi (festival das cores)

Os estudantes possuem em geral a mesma faixa etária que a minha, alguns até mais velhos. Porém, é inenarrável o respeito que demonstram a cada vez que me encontram ou mesmo durante a aula. Sou tratado como “Sir” (Senhor) e sempre com absoluto respeito, já até senti cabelos brancos surgindo por isso… Uma certa vez questionei um dos estudante informalmente sobre como se sentia tendo que tratar alguém da sua idade como “Sir”, ele disse que assim me tratava por eu estar na posição de lhe ensinar algo, e que é assim que se trata um mestre.

Pensei no quão humano estes simples gesto são. Cada um que está ao nosso redor contribui para nossa vida de alguma maneira, nos ensina algo, são nossos mestres, e não recebem o devido respeito, nem mesmo nossos mestres ‘formais’, os professores.

Tive e tenho grandes mestres e encontro outros a cada dia, é muito difícil tirar o véu dos pré-conceitos e principalmente quando encontramos o diferente, o extranho, mas se sentarmos e o apreciarmos com o devido respeito à um mestre, vamos tirar grandes lições de quem quer que seja. Uma dica pra começar, deixe o Mestre que existe em nós saudar o Mestre que existe no outro. Namastê!

Anúncios

Posted in India, Intercambio, MY LIFE | Etiquetado: | Leave a Comment »

Salvador – BA

Posted by CLAUDIO ALVES em 25/01/2012

Aproveitei as férias de Janeiro e minha ida à Juazeiro do Norte – CE (visitar a família), passei 3 dias em Salvador.

Para preparar a viagem, consultei muitas informaçõe sno site mochileiros.com, sempre que viajo consulto lá as dicas de quem já foi.

Aproveitei uma promoção de passagem de ida e volta São Paulo – Salvador e saí dia 19/01, chegando em Salvador por volta das 15:30h. Uma dica essencial, esta época Salvador está um FORNO, muuuuuito quente, um infer***.

Minha hospedagem foi no Barra Guest Hostel, considerado uns dos melhores do Brasil, bem… eu o achei comum, nada de mais. Fica próximo ao farol da barra, em uma localização boa.

Para ir aeroporto ao hostel sem gastar muito (táxi é caro em Salvador), peguei o ônibus da linha S002-00 Aeroporto/Praça da Sé (para consultar as linhas de salvador, clique aqui, e o site da Transalvador ). A viagem foi um pouco longa, pouco mais que 1 hora, o onibus passa pelo farol da barra, onde desci.

Aproveitei o restante do dia pra ver o pôr do sol no farol da barra e andar pela orla, muito bonito.

Como tinha pouqíssimo tempo para explorar a cidade, resolvi ir de salvador bus (http://www.salvadorbus.com.br), um serviço similar ao que já havia utilizado em Curitiba e em Buenos Aires. Valeu apena, pois conheci quase tudo o que queria, é ótimo para quem quer dá uma volta “por cima” e depois ir no que realmente gostou ou achou interessante.

O ônibus de turismo deixa na Praça da Sé e 1:30h depois nos recolhe no Mercado Modelo. Deu tempo pra conhecer bastante coisa.

Confesso que fiquei com um pouco de medo do ambiente, mas sei que qualquer cidade pode ser perigosa, tomei as preocupações básicas e fui conhecer tudo.

Andei pelo Pelourinho, que tem muitos vendedores de fita, baianas caracterizadas (só tire foto com elas se pagar), restaurantes e até cyber café.

Fui para o elevador Lacerda, afinal a fila é relativamente grande para descer. O preço é irrisório, algo em torno de R$ 0,05, a descida é rápida, pena que não há vista pra fora, quando você vê, já está em baixo. Não achei o ambiente perigoso.

Descendo, fui visitar o Mercado Modelo, que fica do outro lado da rua, você vai passar por uma pequena feirinha de artesanato (mais fitinhas!), entrando no Mercado você vai ver, também, muito artesanato (ATENÇÃO!!! Só há 1 restaurante no Mercado Modelo, e é Caríssimo!), saindo do Mercado Modelo fui procurar onde almoçar.

O ônibus voltou e nos levou para o bairro da Ribeira, no caminho passamos pelas favelas e pude ver um pouco mais da realizada da cidade.

Chegando à Ribeira, tudo maravilhoso de novo, uma linda vista para o mar, clubes náuticos e a… SORVETERIA DA RIBEIRA. Huumm, estava um calor, então me deliciei com um sorvete de coco na sorveteria mais antiga do Brasil.

Em seguida partimos rumo à igreja do Senhor do Bonfim, e advinha…me ofereceram mais fitinhas… aff. Me surpreendeu a quantidade de fitinhas amarradas nas grades da igreja, deixam um lindo visual.

O ônibus fez o trajeto de volta, e fiquei no farol da barra, comi um acarajé e fui para o hostel descansar.

No dia seguinte peguei um ônibus e fui curtir a praia Jardim de Alah, e no mesmo dia fui embora. Pra quem não tem tempo, recomendo esta praia, que não fica tão longe e é razoável.

Em suma, achei Salvador receptiva e bonita, recomendo.

Posted in Brasil, MY LIFE, Salvador, Viagens | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Porto Alegre, Gramado e Canela – RS

Posted by CLAUDIO ALVES em 10/08/2011

Não podia deixar de conhecer esta região tão desenvolvida social e econômicamente. A viajem foi feita no mês de Agosto de 2011. Vou dar dicas sobre passeios e pontos turísticos, há vários links que podem te ajudar a planejar seu passeio pela cidade.

Eu fui pra ficar apenas 4 dias, então foi tudo muito rápido, mas suficiente para conhecer o que eu queria. Pequei uma promoção da Webjet, pagando apenas R$ 159,00 ida e volta (SP-POA), chegando ao aeroporto você tem a opção de pegar um táxi, ou utilizar o transporte público (ônibus ou metrô), aqui você pode consultar itinerário dos ônibus, e aqui o do metrô, tudo bem próximo ao aeroporto.

Para passeio, eu usei o serviço da Linha Turismo que é City Tour um ônibus  aberto oferecido pela Prefeitura de Porto Alegre, muito legal, assim dá pra você ver vários pontos e depois ir pessoalmente naqueles que você mais gostou; há duas opções de roteiro, a parte histórica e  a Zona Sul, recomendo levar casaco de frio no inverno, pois o vento é congelante, o ingresso na época foi R$ 15,00 para cada passeio.

Depois de ver todos os pontos turísticos, resolvi fazer meu próprio roteiro a pé, pela região central e litorânea, fiz parte da rota seguindo este reoteiro (poasite.com.br) , recomendo fazê-lo, ou pelo menos uma parte, achei a cidade segura suficiente para fazer este passeio, durou cerca de 5 horas.

Aconselho os seguintes pontos:

  • Usina do Gasômetro;
  • Palácio Farroupilha;
  • Museu Júlio de Castilhos;

  • Cathedral Metropolitana;
  • Zona Sul.
  • Igreja Mãe de Deus;

OBS: Eu não fiz o passeio de barco por que no dia não deu tempo, mas recomendo a quem puder fazê-lo, deixo link da empresa que me recomndaram para mais informações.

Minhas impressões

É uma grande capital, em população, desenvolvimento e também em problemas, achei o transporte público razoavelmente precário, passei próximo a hospitais e não tive uma boa impressão, mas tem uma boa infra estrutura física e o povo é bem acolhedor. A imagem abaixo ilustra o que falo, tirei esta foto na entrada do palácio farroupilha, sede legislativa do estado.

não sei exatamente a frase completa que estava escrita.

Mais dicas..

POA SITE : Site independente com dicas de lugares e passeios.

Mochileiros.com : Sempre há depoimentos e dicas de usuários que jpa viajaram.

Portal Turista POA: Portal Oficial do turismo de Porto Alegre

Partindo pra Gramado

Depois de 1 dia e meio em Porto Alegre, parti para gramado. A dica é o site da Citral, que vendem passagens onlines de Porto Alegre para Gramado, são ônibus muito confortáveis (tem até wi-fi!), o preço é muito bom e a viajem não dura mais que 1:30h, na época paguei apenas R$ 60,00 ida e volta.

Ao chegar em gramado você pode optar por táxis, confiáveis, ou também pelo transporte público (dependendo de onde fia o seu hotel), a cidade é muito pequena, para aqueles que ficarem proximos à região central, pode até mesmo se deslocar a pé. A cidade é supreendentemente limpa, segura e agradável.

Para passeio, há diversas opções de “Jardineiras”, que são ônibus turísticos especiais, há guias que vão explicando tudo sobre a cidade, eu usei o serviço da Jardineira das Hortências, que fica bem no centro da cidade, paguei R$ 15,00 pelo passeio de 3 horas .

Pra quem vai ficar mais tempo, há opções de museus, parques entre outras atrações. Vou citar alguns pontos, alguns deles que visitei.

Sorte!…

Sou sortudo mesmo! Cheguei na cidade em plena estréia do Festival de Cinema de Gramado, e ainda consegui ingresso pra abertura! Foi uma noite incrível, poder ter contato com artistas, famosos, diretores de cinema, e ver como alguns são fúteis e feios pessoalmente! rsrsrs.

Mas foi uma boa experiência, uma noite de glamour, tapete vermelho, homenagens e filmes muito bons.

Mais dicas..

Gramadosite.com : Site independente, com roteiros, dicas e venda de pacotes.

Gramado.ra.gov : Site oficial da secretaria de turismo.

Visitando Canela

Canela é uma cidade ao lado de gramado, para ir você pode pegar um ônibus público, a viajem não dura mais que 15 minutos. É uma cidade pequena, há poucas atrações, produzem artesanatos, têm atrativos culturais e a igreja mais linda que já vi na vida.

Ufa! foi isto, a minha viajem de 4 dias pela região gaúcha, faria tudo de novo se pudesse, recomendo a todos.

Posted in Brasil, MY LIFE, Rio Grande do Sul, Viagens | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

Argentina

Posted by CLAUDIO ALVES em 20/03/2011

Com o principal objetivo de estudar espanhol, fiz esta viagem à Argentina, durante 4 semanas explorei a terra “de los hermanos”, foram 15 dias alojado em Códoba e os outros 15 dias em Buenos Aires. Este relato pode ajudar a qualquer um que queira alguma dica sobre passeios e pontos turísticos.

Saí do Brasil dia 15 de Janeiro, mas 6 meses antes já havia contratado 2 escolas diferentes de espanhol. Em Córdoba, eu estudei na escola COINED, como já tinha um nível básico no idioma, tratei tudo diretamente com a escola, sem agencia intermediando. Mas se você nao sabe espanhol, não tem problema, envia um e-mail em Português que eles tem pessoas no Brasil que te respondem.

Comprei a passagem no site decolar.com, fiz a rota Sao Paulo – Cordoba (IDA) e Buenos Aires – Sao Paulo (VOLTA), não saiu mais que R$ 630 (reais mesmo!).

Sobre a escola, eu não tenho o que reclamar, vale o valor que se paga. Fica localizada em uma boa região da cidade, proximo da ‘peatonal’ (Rua de comercio) e shopping. Fiquei em uma casa de Família, morava uma senhora de idade e seu filho, fiquei juntamente com um Americano e outra Brasileira, aliás, brasileiro é o que mais tem, hehehe.

Gastos com curso – Bom, nestas duas semanas em Córdoba, eu não gastei muito, o curso custou R$ 850, dou uma dica quanto ao translado, eu contratei o da escola (R$ 150) por que chegaria de madrugada, mas pra quem chegará de dia mesmo, aconselho a ver de outras empresas que poderão cobrar menos, ou até mesmo nas empresas do aeroporto.

O clima em córdoba nesta época do ano (Janeiro) é quente, muito quente, e há tendência de chuvas. Na escola encontrei muitos brasileiros (85%), mas também pessoas de outras partes do mundo, como Inglaterra, Holanda, EUA, Africa do Sul, etc, a escola organiza diversos passeios e festas aos fins de semana.

A vantagem de ficar em Córdoba é que ao redor dela há várias cidades pequenas e interessantes para se conecher, Córdoba é uma cidade Universitária e nas férias fica um pouco vazia. Os Gastos para alimentar-se lá são como no Brasil, gasta-se em média R$ 15 no almoço, ou você pode comprar algo no supermercado e utilizar a cozinha da escola (o que eu fiz na maior parte dos dias), como eu economizei, não gastei mais de R$ 300 ao todo.

Durante a minha estadia em Córdoba, visitei algumas cidades, como Vila Carlos Paz, Cosquín – cidade que você pode conhecer através do tren de las sierras (um trem turistico).

Gostei muito de ter escolhido Córdoba, embora me arrependa de não ter ido para Mendoza (precisa de mais dinheiro e tempo), mas Córdoba tem maior custo/benefício. para explorar mais córdoba, acesse o site: CordobaTurismo.gov.ar.

Abaixo um vídeo que conta um pouco sobre a cidade.

 Viajem Córdoba – Buenos Aires – Preferí ir de Córdoba à Buenos Aires de Ônibus, pela economia e pelas belas paisagens. Recomendo para que queira fazer o mesmo, recorrer ao site Plataforma10.com, neste site você faz cotação de várias empresas, para várias cidades da Argentina, compra pela internet mesmo.

Em Buenos Aires, optei por me hospedar em Hostel, e em 2 Hostels diferentes, o Hostel Suites Florida e o Portal del Sur, escolhi o primeiro por estar em uma rua com bastante movimento (Rua de comercio), o que me dava mais segurança para sair a qualquer hora, além de ser novo e moderno. Recomendo, não tive problemas. O segundo também me agradou bastante, tem uma aparência de colonial, pelos móveis e o edifício, fica proximo da Plaza de Mayo e da avenida 9 de Julio, do metrô e do Obelisco.

Mas tem inúmeros outros Hostels na cidade, recomendo o site HostelWorld.com, nele você pode reservar as diárias que desejar, e é de confiança. Recomendo ter a carteira de estudante internacional ISIC, ela dá desconto na maioria dos hostels do mundo. A diária sai em torno de R$ 25 a R$ 35, em um quarto para 4. Há armários e cadeados que garantem a segurança dos seus pertences, além de disporem de cozinha para você que quer fazer sua própria comida. A hospedagem durante os 15 dias me custou cerca de R$ 350 no total.

A escola em que estudei em Buenos Aires chama-se IBL, fica em uma boa localização, mas o ensino deixa a desejar, preferiria ter continuado na COINED, porém valeu a experiência, nesta escola gastei cerca de R$ 600 para as 2 semanas.

Buenos Aires é uma capital com aspecto Europeu, devido a sua arquitetura, mas como todas as metrópolis sulamericanas tem um alto nível de violência per capta, uma amiga sofreu um furto, mas basta tomar cuidados básicos que não há problemas.

O que não falta são lugares para se conhecer em Buenos Aires, primeiramente aconselho a ver o guia da cidade, que mostra todas as atrações, neste site há mapas , vídeos e roteiros, aconselho também a utilizarem o serviço do Buenos Aires Bus, eu andei pela cidade toda com ele, e depois desci nos pontos de interesse, tudo isso por menos de R$ 35 .

O transporte público de Buenos Aires é barato, mas muito precário, as linhas de metrô são muito antigas e cheias, os ônibus são velhos e difício de identificar, mas se você quiser se arricar de onibus, compre um guia que vendem em todas as bancas, com ele fica mais fácil entender as linhas, o serviço de taxi é relativamente barato também, mas lembre-se de sempre dar notas baixas para o taxista, e se possível veja o trajeto no computador e calcule a distancia, os Argentinos são meio espertinhos.

Bom, foram estes os meus 30 dias na Argentina, dias de estudos, de turista, economico e de muitas felicidades, aproveitei tudo que pude, não me arrependo de nada, o intuito de eu escrever este relato é de deixar um material acessível para quem assim como eu deseja fazer uma viajem similar, e por isso se tiver alguma dúvida, não deixe de perguntar.

Posted in Argentina, Intercambio, MY LIFE, Viagens | Etiquetado: , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Brasília

Posted by CLAUDIO ALVES em 20/01/2011

Embora seja uma cidade “artificial”, Brasília faz parte da história do nosso país, desde criança desejava conhecer a capital Federal da nossa república, e este ano tive a oportunidade de ir à Brasília, somente por um dia, chegando as 8:00h e voltando as 18h.

Não me arrependi, pois o que queria conhecer de Brasília era justamente a parte arquitetônica e política da cidade, e este tempo foi suficiente.

Chegando ao aeroporto há um serviço de translado por empresas acreditadas, ou você pode optar por táxi, que foi o meu caso. O serviço de táxi é relativamente caro, mas o aeroporto fica próximo ao plano piloto.

Fui primeiramente ao Prédio do Ministério das Relações Exteriores, e em seguida visitei a cada um dos lindos edifícios e monumentos construídos, pude perceber de perto cada detalhe, o ar que tem aquela cidade.

6 horas foram tempo suficiente para isto, há um shopping proximo onde você pode descansar e comer. Gostei de conhecer a cidade, me fez ter mais interesse pelo que os goernantes fazem.


Posted in Brasília, Brasil, MY LIFE, Viagens | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Sonhos, questionamentos e perseverança

Posted by CLAUDIO ALVES em 26/08/2010

 ..Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos esta condenado a fracassar 100% das vezes…
Augusto Cury


Gosto muito do autor Augusto Cury, embora alguns o considerem como “autor de frases simplórias e doidices científicas”, mas não são suas obras que  mais me chamam atenção (embora ja tenha lido várias), e sim sua história de vida, Cury foi uma criança normal, como qualquer um de nós, tinha as mesmas oportunidades e sonhos, mesmas chances, passou pelos problemas na adolescência e juventude, como qualquer pessoa. Mas uma coisa o fez ir mais longe que a maioria de nós, a perseverança nos sonhos e a fé em si mesmo.


Considero sua historia interessante, também pelo fato de não ter medo de questionar os “conceitos” pré existentes, creio que na situação atual da sociedade, exige ‘questionadores’, pessoas que não aceitem conceitos amplamente difundidos, como a ditadura da beleza, a felicidade através da situação financeira, e me refiro, também a conceitos científicos e de base educacional. Nós jovens, estamos expostos cada vez mais a tecnologia, e isso deve-se em grande parte a possibilidade de interação, poder contribuir em algo para alguém, daí que surgiram, o orkut, twitter, e este blog por exemplo, na sala de aula não poderia ser diferente, porém somos bloqueados, de certa forma, para aceitar certo pensamento, certa teoria, e caso questione é considerado de várias coisas, menos algo bom. Somos alunos de aulas meramente expositivas, algo automático, como escutar, processar e gravar. Professores que não incentivam a discussão como forma de aprendizado. Algumas vezes somos até  punidos por propor ou questionar algum pensamento ou conceito, quando isto deveria ser usado para ensinar e fixar o conhecimento em nossa mente.


Então é isso pessoal, o que escrevi acima pode não está muito compreensivo (é que ás vezes a escrita não acompanha o raciocínio), mas o que quero passar é uma dica, que para mim serviu muito para poder chegar onde estou, ou onde seu sonho quer te levar: Acreditar em si mesmo e filtrar o que as pessoas te passam, e questionar muito.

Posted in DIA a DIA, MY LIFE | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »